Serviço quer elevar renda ao vender dados

Estadão, 07-mai-2010, p. B15

Por trás do incentivo do Facebook para os usuários liberarem um maior número de informações pessoais está a venda dos dados, que podem valer ouro para empresas que vão lançar um produto, por exemplo.

Entidades de defesa da privacidade na web criticam a iniciativa, mas analistas dizem que a estratégia do site faz sentido: afinal, todo serviço prestado exige alguma contrapartida.