UE defende multa de US$ 2 milhões por dia para Microsoft

http://oglobo.globo.com/online/tecnologia/mat/2006/07/04/284738938.asp
http://www.opiniaoenoticia.com.br/interna.php?mat=4328

07-jul-2006

Bélgica - A comissão antimonopólio da União Européia decidiu, após reunião com apoio da maioria dos reguladores, que a Microsoft falhou mais uma vez ao tentar cumprir as regras antimonopólio definidas pela autoridade européia. A avaliação poderá abrir caminho para que a fabricante de softwares receba multas diárias de até US$ 2,5 milhões, revelaram fontes envolvidas no processo à Reuters.

Em encontro na segunda-feira, a comissão - considerada a autoridade máxima dos 25 países da União Européia para assuntos antitruste - alegou que a Microsoft não está cumprindo com as determinações estipuladas em março de 2004, quando a companhia foi acusada de abusar de seu domínio de mercado com o sistema operacional Windows ao impedir que concorrentes acessem protocolos de softwares e produzam programas compatíveis com o sistema, dentre outras medidas.

Caso a decisão seja confirmada pela comissão, o grupo deverá se reunir mais uma vez no próximo dia 10 de julho para definir o valor exato e a forma de arrecadação da multa, informaram fontes à Reuters.

 - Temos diferentes visões sobre estas acusações, mas esperamos que, apesar disso, possamos definir um ponto de onde devemos avançar - disse Brad Smith, representante legal da Microsoft, em entrevista ao New York Times.

Em comunicado divulgado na segunda-feira a Microsoft afirmou que "está dedicando recursos em massa para cumprir com a agenda e os altos padrões de qualidade estipulados pela Comissão neste processo".

Nenhum representante da autoridade européia esteve disponível para comentar os planos da comissão.