Brasil é campeão mundial de homicídios, diz OMS
AE 08-dez-2003

Brasília - O Brasil é o campeão mundial em número de homicídios, com uma pessoa morta a cada 12 minutos. Com 3% da população mundial, o país responde por 13% dos assassinatos. Os dados são da Organização Mundial de Saúde (OMS) e foram citados na audiência na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados por Carlos Lopes, coordenador residente da ONU no Brasil e representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil (Pnund). Ele foi convidado para participar de audiência pública para falar sobre soberania nacional e execuções sumárias.

Lopes explicou que os relatores da ONU vêm ao país de forma independente para realizar um trabalho de observação. Ele mencionou que a relatora especial sobre da Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas, Asma Jahandir, fará um relatório do que viu para ser apresentado à Comissão dos Direitos Humanos. Na sua opinião, a situação no país é complicada. "O Brasil é campeão em áreas não muito positivas", afirmou.

Um dos problemas detectados por Asma e comentado por Lopes na audiência é o sistema judiciário. Ele compara os poderes no Brasil e nos Estados Unidos. Segundo Lopes, no Rio de Janeiro apenas 1% dos homicídios são esclarecidos pela polícia, enquanto nos Estados Unidos o esse percentual chega a 70%. O coodenador da ONU defende que para melhorar a situação é preciso uma modernização no Judiciário e maior atenção ao sistema prisional. As informações são da Agência Brasil.